terça-feira, 8 de março de 2011

Estudo Bíblico sobre a Masturbação

Encontrei no blog de um amigo, jovem filósofo, o seguinte texto:
O texto é pessoal e, diria, quase instintivo-reflexivo, mas contém preciosas ponderações sobre o tema, algumas carecem de uma revisão técnica. Mas, sem dúvida, é um projeto a ser desenvolvido, com lente científica.
Dê uma leitura e depois me conte.

3 comentários:

  1. "Á masturbação é natural, é animal instintivo dos seres. Os dogmas religiosos é que impuseram idéias de que á masturbação lhe tiraria á espiritualidade invocando o inferno,ou pecado, na verdade os mesmo pregavam uma espécie de celibato reprimendo desejos naturais. Traumático, até os dias de hoje ás religiões ainda falam que é fornicação, só após o relacionamento consolidado pela igreja (casamento)isto causa ás pessoas conceitos errados sobre masturbação, é um ato normal e natural pode se dizer natural universal, á masturbação não tem efeitos colaterais, é fantasiosa e não degenerativa como muitos falam, falar sobre masturbação, ou que cria um circulo vicioso é estar condenando verdades absolutas.Jonecir tavares

    ResponderExcluir
  2. Jonecir,

    em grande parte, diria que você está coberto de razão.

    Entrementes, esse ato instintivo não deveria acontecer de forma solitária, mas sim numa relação entre dois indivíduos, ou seja a prática do sexo.

    Então, a masturbação pode ser fruto da isolação social (ou, como queira, sexual). Em outras palavras: eu pratico a masturbação, porque me falta alguém para fazer sexo.

    Visto por esse ângulo, a masturbação deixa de ser 'normal', para se tornar um fenômeno, no mínimo, preocupante.

    ResponderExcluir
  3. Nunca lhe agradeci por me ajudar a espalhar meu texto. Obrigado, Acie.

    ResponderExcluir