terça-feira, 8 de março de 2011

Uretra de tubo de ensaio

Fonte: Internet.



Pela primeira vez na história, cientistas norte-americanos do Institute for Regenerative Medicine, da Wake Forest University Baptist Medical Center conseguem reconstruir a uretra de 5 jovens com tecido humano desenvolvido em laboratório. 

Em tempo recorde, os cientistas conseguiram desenvolver os tecidos da uretra a partir de células dos próprios pacientes. A reconstrução cirúrgica convencional resultaria em cicatrizes que comprometeriam a função do órgão.

Os jovens pacientes vieram do México e tinham entre 10 e 14 anos de idade. Todos vítimas de acidentes automobilísticos (3) ou outros traumatismos da região pélvica (2) que atingiram severamente a uretra.

As células iniciais foram obtidas da bexiga de cada paciente. Dessas foram isoladas todas as células e tecidos necessários para a reconstrução da uretra. Após 3 a 6 semanas já se tinha produzido material orgânico em quantidade suficiente para o complicado trabalho cirúrgico de reconstrução. 

As cirurgias foram realizadas entre março de 2004 e julho de 2007. Na avaliação final, após mais de 5 anos, os médicos constataram que em nenhum dos jovens pacientes ocorreu a formação de qualquer tipo de cicatriz no canal uretral, embora o controle demonstrasse, já após 3 meses de realizados os transplantes, que cada um dos pacientes apresentava uma uretra totalmente normal e sem sinais da cirurgia.

Facit: em breve nada de sequelas por traumas, no laboratório se desenvolverá a reconstrução dos órgãos afetados.


Notícia boa. Mas quando começarem a construir o homem inteiro?

Acelino Pontes


Fonte: Wake Forest University Baptist Medical Center

Postagem em destaque

A Intriga

Fonte: Internet. O método mais antigo e usado na política é a intriga. Infelizmente esta virose tem afetado em muito o rel...